Salada Verde

Pressão do agronegócio impossibilita recenseamento do IBGE em Mato Grosso

Situação foi revelada pela coluna de Míriam Leitão, em O Globo. Em ranking divulgado pelo Instituto nesta terça, estado ocupa último lugar no ranking de recenseamento

Michael Esquer·
6 de dezembro de 2022·1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está enfrentando dificuldades para recensear o estado de Mato Grosso por conta da pressão do agronegócio. A situação foi revelada pela coluna da jornalista Míriam Leitão, em O Globo. De acordo com a publicação, até agora, apenas 40% da população estimada do território mato-grossense foi recenseada.

A coluna relata que o instituto tem encontrado dificuldades até mesmo para contratar recenseadores. A informação encontrada pelo IBGE ao tentar entender a situação é que fazendeiros estão impedindo o processo, revela a coluna. Segundo a jornalista, o problema ocorre em Sinop, Sorriso e Cáceres. Ainda segundo uma pessoa ouvida pela coluna na comissão do censo, as pessoas estão com medo de retaliação. 

“Especialistas do instituto me dizem que, por exemplo, chega-se em cidades que querem contratar recenseadores, soltam edital, e as pessoas mais influentes da cidade e, muitas vezes, o próprio prefeito diz ‘aqui não vai ter censo’. Isso é uma reação ideológica causada pelo bolsonarismo”, diz trecho da coluna publicada nesta segunda-feira (5). 

Nesta terça-feira (6), o Instituto divulgou balanço sobre o censo no País. No ranking do IBGE, Mato Grosso aparece em último lugar com apenas 65,9% da população estimada recenseada.

betano entrou em contato com o IBGE nesta segunda-feira (5) para questionar a ciência sobre a situação que envolve o recenseamento em Mato Grosso, assim como para saber se a dificuldade revelada pela coluna de O Globo compromete o censo no estado. Até esta terça-feira (6), porém, o Instituto ainda não tinha se manifestado e nem informado se planejava tomar alguma medida sobre o tema.

  • Michael Esquer

    Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com passagem pela Universidade Distrital Francisco José de Caldas, na Colômbia, tem interesse na temática socioambiental e direitos humanos

Leia também

Notícias
29 de fevereiro de 2024

Queimadas na Amazônia atingem número recorde em fevereiro

Puxado por Roraima, número de focos de calor registrados pelo INPE no mês é o maior em 25 anos de medições

Reportagens
29 de fevereiro de 2024

No quadrilátero ferrífero, em Minas Gerais, a descoberta de uma árvore é também esperança

Embora tenha caído a taxa de desmatamento na região no último ano, se acende um alerta para a fiscalização da extração de minérios, próxima da região

Salada Verde
29 de fevereiro de 2024

Oportunidade | betano abre vaga para estágio em marketing

Estudantes a partir do 5º período que se interessem pela temática ambiental podem se inscrever entre 1 e 10 de março. Vaga é para o Rio de Janeiro

Mais de betano

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.