Salada Verde

Uma viagem pelo jornalismo ambiental de Liana John

Tornado público neste domingo, acervo digital reúne blogs e mais de mil reportagens de Liana John. Homenagem marca dois anos do falecimento da jornalista ambiental

Michael Esquer·
24 de julho de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

“Um besouro que diz se a comida está boa. Um tijolo à base de mandioca. Um homem que plantou 9 milhões de árvores. Seringas indolores inspiradas em um mosquito”. São essas as palavras que dão as boas vindas àqueles que acessam pela primeira vez o acervo digital de Liana John. Tornado público neste domingo (23), o espaço digital reúne blogs e mais de 1,2 mil reportagens desta que é considerada uma das pioneiras do jornalismo ambiental no Brasil. 

O lançamento – e homenagem – marca dois anos desde o falecimento da jornalista, que em 40 anos de carreira escreveu para veículos como National Geographic Brasil, Planeta Sustentável, O Estado de São Paulo, Veja, Horizonte Geográfico, Ciência Pantanal e foi uma das criadoras da revista Terra da Gente. 

Já disponível para acesso, o site reúne artigos e entrevistas, além de livros, cartilhas educativas sobre fauna e outros materiais sobre meio ambiente, agricultura, ciência e tecnologia, materiais escritos e produzidos por Liana, que além de jornalista foi escritora e  fotógrafa.

“É uma jornada pelo mundo do jornalismo ambiental através dos olhos e da experiência de uma das suas pioneiras. As reportagens continuam relevantes e, reunidas, fornecem uma perspectiva única sobre a cobertura das questões ambientais no Brasil. Trata-se de uma documentação sem precedentes no país, um arquivo imenso, vindo desde uma expedição pelo Rio Demene na Amazônia dos anos 90 ou a cobertura da Rio 92 até as mais recentes inovações tecnológicas inspiradas pela biodiversidade brasileira – é um tesouro para quem se interessa por meio ambiente”, diz Melissa de Miranda, filha de Liana John e também jornalista.  

  • Michael Esquer

    Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com passagem pela Universidade Distrital Francisco José de Caldas, na Colômbia, tem interesse na temática socioambiental e direitos humanos

Leia também

Reportagens
4 de outubro de 2022

Cláudia Gaigher: “vi o Pantanal sendo cada dia mais modificado”

De carvoaria à extração ilegal de madeira, jornalista ambiental fala a betano sobre lançamento de coletânea com bastidores de reportagens produzidas nas últimas décadas no bioma

Notícias
19 de agosto de 2019

Coral Vivo lança livro que descreve recifes do Brasil nos anos 60

Obra baseada na tese de doutorado do francês Jacques Laborel foi traduzida e teve os dados atualizados. Lançamento ocorreu na Embaixada da França, no Rio

Notícias
19 de julho de 2022

betano lança livro especial com colunas do jornalista Marcos Sá Corrêa

Em comemoração ao seu aniversário de 18 anos, betano publica e-book com 98 textos do jornalista ambiental, um dos seus fundadores

Mais de betano

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.